Fim do ‘padre’? Fábio de Melo finalmente revela por que decidiu esquecer título de “padre” e desabafa: “Distancia”

O religioso Padre Fábio de Melo explicou o verdadeiro motivo por trás da escolha de tirar o “padre” de seu nome

Padre Fábio de Melo está focado no lançamento de seu novo livro: A Vida É Cruel, Ana Maria, pela Editora Record. Este livro mostra alguns diálogos imaginários do sacerdote com sua mãe, falecida em 2021 em decorrência da Cøvid-19.

Um detalhe que chama a atenção neste livro é que o sacerdote optou por tirar o ‘padre’, assinando apenas como Fábio de Melo. Vale lembrar que as outras obras do religioso sempre foram assinadas como ‘Padre Fábio de Melo’, mas nesta não é assim.

Durante uma entrevista no Conversa Com Bial, exibido na Globo, o sacerdote explicou esta sua decisão: “É que eu voltei às origens“. Ele completou em seguida: “Por incrível que pareça, o nome ‘padre’ aproxima, mas também distancia às vezes. Sobretudo, quando falamos de literatura“.

Durante o bate-papo com Pedro Bial, o religioso explicou que todos os diálogos que estão neste seu novo livro são imaginários. Ele disse que são conversas que infelizmente não teve com a mãe, mas resolveu compartilhar com todos.

Padre Fábio disse que dona Ana não tinha estudos, por isso não entenderia as ‘dimensões filosóficas e teológicas’ que ele aborda. Em seu novo livro, o sacerdote descreve alguns momentos de vulnerabilidade física e emocional que enfrentou ao longo da vida.

Sua relação com a vida

Padre Fábio de Melo aproveitou para falar também sobre os problemas que enfrentou na infância por causa do pai, que era alcoólatra. Uma revelação feita pelo religioso é que sua mãe tinha uma visão muito otimista da vida e que isto o deixava irritado.

O sacerdote contou que o título foi uma forma que ele encontrou de dizer à mãe que a vida é cruel e que mesmo ela não achando que é desta forma, a verdade é bem diferente do que costumava imaginar.

Deixe um comentário

👇🏾 DEIXE TODOS VEREM SUA OPINIÃO 👇🏾