Connect with us

Curiosidades

Pelos encravados depois da depilação? Saiba o que provoca e contorne o problema

??É comum que os pelos do corpo fiquem encravados após a depilação e muitas mulheres acabam desenvolvendo esse quadro devido ao procedimento estético. Para acabar com esse problema, é necessário cuidar da pele antes e depois da retirada dos pelos e, em entrevista para o Purepeople, a dermatologista Fernanda Sanchez aponta como evitar que isso aconteça, além de revelar o que pode acabar provocando o encravamento: “Os pelos encravados surgem após a depilação a cera por uma facilidade que a cera tem de enfraquecer o pelo.”

Por que os pelos encravam? ‘Cresce curvado para dentro’

??Além de poder deixar a pele mais flácida, a depilação com cera é o principal motivo para o encravamento dos pelos, diferentemente da fotodepilação feita com luz pulsada. “Eles são arrancados pela raiz, demoram a crescer e, durante esse tempo, a pele começa a queratinizar como se fosse uma rolinha de queratina próxima ao folículo”, declara a especialista ao esclarecer: “Ele já vem sem força por ser um pelo mais fraco e não consegue vencer essa barreira, então ele começa a crescer curvado para dentro e dá o encravamento.”

Saiba evitar: ‘Esfoliações previamente a depilação a cera’

??Existem muitas maneiras de se prevenir para não ter que lidar com esse problema. “Para evitar, a orientação é que se faça esfoliações previamente a depilação a cera. Depois do procedimento, aguarde pelo menos 10 dias para voltar a esfoliar a pele, que deve ser feita duas vezes na semana para ajudar a afinar mais a área”, relata a profissional ao recomendar: “Importante evitar umidade no local logo após a depilação, então muito creme hidratante também vai contribuir para o encravamento, precisando dar um tempo nas hidratações após a depilação. Evite sol, porque faz a espessura da pele aumentar para ela se defender, o que contribui para o encravamento.” Outra dica importante é preparar a pele antes de retirar os pelos. “No dia que for depilar, pode tomar um banho quente prévio para deixar a pele mais permeável e mais suscetível a conseguir fazer a extração do pelo e ter menos trauma para o pelo não partir, diminuindo as chances de encravamento”, sugere a dermatologista a aconselhar: “Logo após a depilação evite usar roupas justas . Use peças mais largas, porque o atrito das vestimentas com tecidos mais grossos podem contribuir para o encravamento.”

??Quando o pelo já encravou: ‘Ajudar a pele a ficar mais fina’

??Se a inflamação já foi provocada, algumas medidas devem ser tomadas para solucionar a situação. “Tem que ajudar a pele a ficar mais fina e, assim, liberar o pelo, então indico caprichar nas esfoliações”, comenta Fernanda ao afirmar: “Se tiver foliculite, inflamação do pelo que está encravado que prolifera bactérias, vai ter que usar um tratamento a base de antibiótico tópico e procurar um dermatologista para o melhor tratamento.”

??Para não ter mais pelo encravado: ‘Só vai melhorar se acabar com o pelo’.

??É possível acabar com os pelos encravados para sempre, mas é preciso se render ao procedimento estético que se assemelha a depilação robótica. “Para se livrar de vez de pelo encravado, só o laser que vai resolver. O resto é tudo paliativo”, aponta a dermatologista ao revelar: “Quem faz com cera está sujeito a isso. Para conseguir ter uma resolução total desse quadro, tem que acabar com o pelo de vez com uma depilação definitiva, que é o caso do laser.”

Comente com seu Facebook

Advertisement
Advertisement

Mais em Curiosidades

DMCA.com Protection Status