Jovem baiano desaparecido em Brumadinho é achado morto

PUBLICIDADE

Desaparecido desde o rompimento da Barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, um jovem de Mata de São João, no Litoral Norte baiano, foi dado como morto neste sábado (23). Cássio Cruz Silva Pereira, de 27 anos, estava entre os baianos desaparecidos na tragédia. O jovem trabalhava com o pai – Carlos Augusto Santos Pereira, de 39 anos, ainda desaparecido – em uma terceirizada da Vale. Segundo o G1, a esposa da vítima, Daniela Pereira, Cássio Pereira foi achado na área atingida. O sepultamento ocorreu na tarde deste sábado na cidade de Mário Campos (MG), onde a família mora.

A mulher, que também é baiana, contou que não pôde participar do enterro porque está em Mata de São João, com o filho do casal, de 4 anos. Ela voltou para a Bahia após a tragédia e informou que não pretende voltar para Minas Gerais. Daniela e Cássio foram casados por quase cinco anos. Eles foram para Mário Campos (MG) há três anos.

publicidade

Continuam desaparecidos o pai de Cássio, Carlos Pereira, além de Alex Mário Moraes Bispo, de 22 anos, e o tio Ademário Bispo, de 51. Os dois últimos naturais de Santo Amaro, no Recôncavo baiano. O rompimento da barragem de rejeitos ocorreu no dia 25 de janeiro e atingiu o Córrego do Feijão, em Brumadinho. Até o momento, mais de 170 pessoas já foram encontradas mortas. Ainda estão desaparecidas 130 pessoas.

Comente com seu Facebook