Connect with us

Brasil

Homem mata 4 pessoas dentro de igreja em São Paulo e se suicida; policial conta detalhes

Massacre na catedral de Campinas: policial faz relato chocante sobre o que viu dentro da igreja

Comente com seu Facebook

Esta terça-feira (11) ficará marcada como um dos dias mais tristes da história da cidade de Campinas, localizada a aproximadamente 84 km da capital paulista. Segundo as primeiras informações passadas pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, um homem teria invadido a igreja durante a missa que é realizada nas terças-feiras, às 12h15, com duas armas e disparou contra os fiéis que estavam no interior da igreja.

Até o momento foram confirmadas cinco mortes, quatro fiéis e o atirador que cometeu suicídio diante do altar da Catedral de Nossa Senhora da Conceição. O Samu (Serviço de Atendimento de Urgência) realizou os primeiros socorros e quatro feridos foram encaminhados para os hospitais da região. Ainda não há uma informações concretas sobre o estado de saúde dos feridos.

Massacre na catedral de Campinas: policial faz relato chocante sobre o que viu dentro da igreja

Diante do cenário de terror, dezenas de pessoas se aglomeraram em frente a igreja. Muitos parentes de pessoas que frequentam a missa no horário do massacre estão em busca de informações, mas a perícia ainda está no local realizando o trabalho de identificação.

Em entrevista ao vivo concedida a Globo News, o Guarda Civil Municipal identificado como Alexandre Morais Rangel, fez um relato chocante. Segundo ele as vítimas fatais são idosas, eles foram atingidos na cabeça e no pescoço, e algumas ainda seguravam o terço em suas mãos.

O corpo do atirador ainda está dentro da igreja, caído nos degraus do altar com uma das armas na mão.

O Major Adriano Augusto, comandante do 8º Batalhão de Campinas, falou por telefone com a Globo News, segundo ele o massacre poderia ter sido maior, mas a missa já tinha sido encerrada e a igreja não estava mais tão cheia.

Adriano revelou que nas imagens de segurança da igreja, o homem é visto entrando na igreja calmamente e teria se sentado em um dos bancos. De repente, ele se levantou e começou a efetuar os disparos contra as pessoas que estavam no interior da catedral. Ele inclusive chegou a recarregas as armas e se matou em seguida.

Segundo o major, nas imagens é possível ver o desespero das pessoas correndo tentando escapar do atirador.  As pessoas que estavam sentadas nos bancos em frente ao dele dele não tiveram a chance de escapar.

Ele teria andado pela igreja efetuando os disparos em várias direções e tirou a própria vida com a chegada da polícia. Pela dinâmica do crime, acredita-se que ele foi premeditado, a motivação ainda é desconhecida. Há informações de que os policiais alvejaram o suspeito antes dele atirar contra sua própria cabeça.

Comente com seu Facebook

Advertisement
Advertisement

Mais em Brasil

DMCA.com Protection Status