Funcionário “fantasma” no governo do prefeito Carlos Brasileiro

PUBLICIDADE

Em sessão realizada nesta quinta-feira (21) na câmara de vereadores de Senhor do Bonfim, o vereador Laércio Junior teceu inúmeras criticas contra a gestão do Prefeito Carlos Brasileiro. Em seu discurso o edil fez uma grave denuncia contra a administração municipal. Segundo o vereador existe um servidor fantasma lotado em cargo comissionado na Secretaria de Saúde do município.

O suporto fantasma estaria à frente da Superintendência da Atenção Básica e receberia o vultoso salário de R$ 4.300 (quatro mil e trezentos reais) sem prestar qualquer serviço à municipalidade. Ainda segundo Laércio Jr o servidor é dentista concursado na cidade de Campo Formoso, tendo carga horária de 40hs semanais. O que tornaria impossível conciliar suas atividades a frente do setor da atenção básica em Senhor do Bonfim.

Durante o seu discurso o vereador apresentou documentos que segundo ele comprovariam que o servidor trabalha em Campo Formoso, inclusive com a sua folha de ponto e produtividade semanal. Outra informação que chamou a atenção foi o fato do suposto “Gasparzinho” ser afilhado do prefeito Carlos Brasileiro e esse seria um dos motivos pelo qual ele teria “ganho” o cargo.

publicidade

Finalizou seu discurso informando que o Ministério Publico já tinha conhecimento do caso e que já havia solicitado da secretária de saúde, Angeli Matos a exoneração do servidor de forma imediata. Sendo essa solicitação explicitamente desobedecida pela titular da pasta da saúde no município.

A equipe de reportagem do Portal Minuto Bahia entrou em contato com o vereador que confirmou a denuncia feita hoje na câmara de vereadores. O vereador disse ainda que irá buscar junto ao TCM a devolução do valor de R$ 107.500 correspondente aos 25 meses em que o suposto fantasma atua no governo do prefeito Carlos Brasileiro.

Comente com seu Facebook