Alimentos proibidos na dieta para esteatose hepática – F7 Notícias
Connect with us

Saúde

Alimentos proibidos na dieta para esteatose hepática

Published

on

Alimentos proibidos na dieta para esteatose hepática

– Gorduras trans e saturadas

Evite alimentos fritos e cozidos com óleos pois eles vão favorecer e aumentar ainda mais o acúmulo de gordura no fígado. Se não puder evitar, use óleo de coco ou de palma.

– Álcool

Principalmente se sua esteatose hepática for causada pelo consumo excessivo de álcool, você deve evitar esse tipo de bebida ao máximo, pois o álcool pode prejudicar ainda mais a função do seu fígado.

– Sódio

O ideal é limitar o consumo de sódio para evitar acúmulo de líquido abdominal e pressão arterial alta. Para isso, evite o tempero na comida e principalmente alimentos processados, que contêm muito sódio em sua composição.

Cardápio

Uma boa dica de cardápio que funciona bem para pessoas com esteatose hepática é incluir alimentos que ajudem a reduzir a gordura no fígado.

Isso não significa que você deve parar de ingerir qualquer e todo tipo de gordura. Pelo contrário, a gordura tem um papel importante no funcionamento do nosso organismo, o importante aqui é escolher boas fontes.

Assim, uma dieta balanceada para esteatose hepática deve incluir gorduras saudáveis, antioxidantes e carboidratos complexos.

Portanto, uma sugestão de cardápio para esteatose hepática pode ser:

Café da manhã:

Produto lácteo desnatado com granola ou cereais integrais;

Lanche da manhã:

Suco de frutas com duas torradas e uma fatia de queijo magro como a ricota ou cottage;

Almoço:

Boa fonte de proteínas como um frango grelhado com arroz integral, salada de preferência que inclua por exemplo alface, tomate e repolho roxo;

Lanche da tarde:

Uma fruta ou uma porção de nozes e castanhas;

Jantar:

Uma porção de peixe cozido ou assado com vegetais como brócolis ou alface, por exemplo;

Lanche da noite:

Um copo de leite desnatado morno ou uma fruta.

De uma forma geral, é possível adaptar esse cardápio levando em conta que os profissionais da saúde indicam um teor calórico de 1000 a 1200 kcal por dia para mulheres obesas e de 1200 a 1600 kcal por dia para homens obesos, valores que podem variar de acordo com altura, peso e níveis de atividade física.

Para substituir o arroz e o macarrão nas refeições e diminuir a quantidade de carboidratos da alimentação, pode-se utilizar a quinoa, o amaranto, a batata doce e o espaguete de abóbobrina, alimentos que podem ser adicionados a diversas preparações, como massas, sopas, saladas, sucos e vitaminas.

Advertisement

Tendendo

Copyright © 2020 F7 Notícias.