Mulher mora com o marido e com o amante na mesma casa e diz que é tudo de bom

O amor vem de todas as formas, e em Parnaíba (PI), ele resolveu que viria dividido por três! Andreza, Reginaldo e Miranda já ganharam fama na cidade pela estrutura diferenciada de sua relação: a mulher mora na mesma casa com o amante e o marido.

Andreza afirmou em entrevista para o programa de TV “A Voz do Povo” que essa é uma decisão muito melhor do que os relacionamentos tradicionais, em que se ficaria com um querendo o outro, o que levaria ao adultério.

A própria passou por essa situação, pois ficou um bom tempo se envolvendo com os dois homens concomitantemente, só que de forma separada, até que não se sentiu mais confortável com a situação e decidiu juntar seus dois amores. Assim Andreza aprendeu a conviver com os dois ao mesmo tempo. “Melhor do que viver traindo uma pessoa”.

E os homens da relação estão de acordo com tudo. Ao invés de deixar que a infidelidade acabasse com seu relacionamento, rapidamente ela conversou com os dois e já propôs que vivessem juntos.

Mas nem tudo foram flores sempre! Andreza chamou Reginaldo para morar na mesma casa que ela dividia com Miranda, pois ele já sabia dos encontros extraconjugais e não achou aquilo negativo, concordando com a mulher, quando esta teve a ideia de viverem todos juntos.

No começo, os dois parceiros masculinos estranharam ter que dividir o mesmo espaço e a mesma mulher, mas hoje isso são águas passadas. Desse amor nasceu também uma forte amizade entre os dois, que garantem estar perfeitamente felizes e desejam viver assim, os três juntos, até o fim da vida.

Apesar das piadas, Andreza explicou que nenhum dos dois tem o rótulo de “marido” ou “amante”, apesar de ter conhecido Miranda primeiro e só depois ter recebido as investidas românticas de Reginaldo. Os homens vivem ao seu lado, sem hierarquia e sem ciúme, afirmam, buscando apenas mais amor a cada dia. Ela sente que encontrou os verdadeiros amores de sua vida e é muito feliz dividindo a casa com Reginaldo e Miranda.

O trisal vive em harmonia e divide todas as responsabilidades da casa igualmente, o que alivia o trabalho. Além da ótima convivência, o fato de os três morarem na mesma casa permite economia nas despesas do lar, como água, luz e gás. Por um tempo, eles até dividiram a mesma cama.

E a vida a três trouxe muito equilíbrio para os envolvidos. As coisas na casa já não funcionam apenas como uma pessoa quer. Se Miranda gostar de algo e Reginaldo não, Andreza diz que é procurada alguma forma de satisfazer as vontades dos dois igualmente.

Já há algum tempo que as discussões sobre novas formas de casais tomaram conta das redes sociais, trazendo para a nossa atenção questões como o poliamor. Então, por que histórias como as de Andreza, Reginaldo e Miranda ainda chocam tanto? A resposta pode não ser a que você está esperando.

Embora as conversas sobre o assunto já sejam padrão pela internet, é outra coisa completamente diferente ver o tópico se concretizando na vida real. Quantos casais não convencionais nós conhecemos que vivem seu amor tão abertamente quanto o desta notícia? Foi no sertão nordestino que encontramos uma história de um “casal de três” apenas seguindo com suas vidas, que chocou até as mentes mais modernas.

Os três afirmam não sentir nem um pingo de medo pelo que a sociedade pode achar da configuração do seu relacionamento, agora que o caso ganhou a mídia. A opinião de terceiros não interfere na felicidade deles. Reginaldo, Miranda e Andreza desejam, inclusive, formalizar a união, casando-se os três, embora no Brasil isso ainda não seja possível.

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0