Mulher morre de Covid-19 após receber pulmões infectados pela doença através de transplante

Uma mulher morreu por complicações da Covid-19 em Michigan, nos Estados Unidos, dois meses depois de passar por um transplante de pulmão doado por um paciente que estava infectado pelo coronavírus de forma assintomática. O caso foi publicado nesta segunda-feira (22) pelo jornal “USNews”.

O caso, conforme a faculdade de medicina da Universidade de Michigan, parece ter sido o primeiro de contaminação via transplante de órgãos já registrado. Em 2020, foram realizados ao menos 40 mil transplantes nos EUA e não houve nenhum caso do tipo contabilizado.

“Não teríamos de forma alguma usado os pulmões se tivéssemos um teste de Covid-19 positivo”, ressaltou o Dr. Daniel Kaul, diretor do serviço de doenças infecciosas de transplantes da Michigan Medicine.

Um dos médicos que participou da operação também foi infectado pelo coronavírus e precisou de internação, mas não sofreu consequências graves da doença.

De acordo com o hospital, a mulher que recebeu o pulmão começou a apresentar sintomas de Covid-19 três dias a operação e morreu dois meses após o procedimento. 

“Todas as projeções que normalmente fazemos e somos capazes de fazer, nós fizemos”, lamentou Kaul.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0