Menina morre após levar choque enquanto nadava em açude; desesperada, mãe tentou salvá-la

Uma menina de 11 anos morreu afogada após ser eletrocutada em um açude no Ceará. Antonia Dailyanne Alves da Silva nadava no local com a família quando recebeu uma descarga elétrica. O choque deixou a garota atordoada e provocou o afogamento.

A mãe dela ainda tentou retirá-la da água, mas também recebeu uma descarga elétrica. O corpo de Antônia foi encontrado na manhã de hoje por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

O acidente ocorreu na Vila Caiçara, zona rural cidade de Tarrafas (CE), a 440 km de Fortaleza. O açude fica próximo à residência da família, que resolveu confraternizar ontem com um mergulho no local.

Segundo os Bombeiros, a menina encostou em um fio da rede elétrica de bombas que puxam água do reservatório para distribuir para a comunidade. Moradores da área tentaram ajudar no salvamento, mas não conseguiram encontrar Antônia.

“Foi uma coisa muito rápida. Do nada, a gente ouviu um grito. A menina começou a se afogar e a mãe dela desesperada tentando puxar”, contou o agricultor César Trajano.

Segundo o vizinho da família, todo mundo que estava no local correu para socorrer a menina. “A mãe dela também tomou um choque. A gente conseguiu tirar ela, mas a menina afundou. A gente ficou procurando, mas só os Bombeiros encontraram o corpo”, continuou.

Ao UOL, o tenente-coronel Nijair Araújo contou que a menina encostou enquanto nadava. “Populares contaram que, durante a travessia, na braçada, ela ergueu o braço e teve contato com o fio que alimenta os motores da região para o abastecimento”, disse.

O oficial ressaltou que a causa da morte deve ser revelada pela perícia. “Foram informes da família que precisam ser corroborados pelo laudo da perícia forense. São informações preliminares e nada conclusivas. Temos que aguardar a perícia”, acrescentou.

A Polícia Civil do Ceará abriu investigação para apurar as circunstâncias da morte da criança. Procurado, o órgão informou que o inquérito está sob responsabilidade da Delegacia de Assaré.

Na manhã de hoje, as equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros fizeram uma varredura no açude. O corpo de Antônia foi achado por volta das 11h.

Os pais da menina, João Ioneide Alves e Damiana Silva, não foram encontrados para comentar a perda. A família agora aguarda liberação do IML para velar a menina. O sepultamento deve ocorrer no cemitério do município.

FONTE: UOL

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0