TSE rejeita, por unanimidade, ação que pedia cassação da chapa Bolsonaro–Mourão

Na noite desta terça-feira (9), os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitaram duas ações apresentadas pelo PDT que pediam a cassação da chapa do presidente Jair Bolsonaro e de seu vice, Hamilton Mourão.

O partido apontou supostas ilegalidades em atividades de mensagens no WhatsApp, conhecido como ‘disparos em massa’, que supostamente teriam sido cometidos nas eleições de 2018.

As ações estavam baseadas em uma reportagem veiculada pelo jornal Folha de S.Paulo. A matéria apontou supostos crimes que teriam sido cometidos pela chapa.

Contudo, os ministros consideraram que não foram apresentadas outras evidências além do conteúdo publicado pelo jornal.

Por unanimidade, os sete ministros da Corte votaram contra as duas ações. São eles: Luis Felipe Salomão, o relator; Mauro Campbell; Tarcísio Vieira; Sergio Banhos; Edson Fachin; Alexandre de Moraes e Luis Roberto Barroso.

Algo errado com esse post?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0