STF decide liberar à defesa de Lula mensagens vazadas da Lava Jato

Os ministros Ricardo Lewandowski, Kassio Nunes Marques e Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), votaram para manter a decisão que garantiu à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acesso à íntegra do material apreendido na Operação Spoofing – investigação que deflagrou grupo de hackers que invadiu celulares de autoridades brasileiras, incluindo Sergio Moro.

O julgamento ocorreu na tarde desta terça-feira (9), na Segunda Turma do STF, que analisou um recurso apresentado por um grupo procuradores da República contrários ao compartilhamento das mensagens da “Vaza Jato”.

No entendimento de Lewandowski, Nunes Marques e Cármen Lúcia, o grupo não tem legitimidade para apresentar o recurso e contestar o compartilhamento das mensagens.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0