dentro

Flor do Caribe: Denunciado, Dionísio é preso e humilhado ao comer marmita na cadeia

O magnata de Flor do Caribe terá o que merece?

Logo depois de perceber que estava sendo usado, Hélio (Raphael Vianna) entregou a verdade para a polícia e Dionísio (Sergio Mamberti) foi detido sob a acusação de ver o mandante do assassinato de Samuel (Juca de Oliveira) em Flor do Caribe.                                                                                                                                                                                                                              

Preso, o senhor é fichado, levado para uma cela onde estará até uma espécie de conforto já que estará sozinho. Com um colchão e uma mesa de leitura. Inconformado, Dionísio só deseja sair desse lugar asqueroso.

Após algumas horas, um policial passará para lhe entregar uma marmita. Ele se negará a comer e pergunta por seu advogado, mas não terá boas informações.

Quando o oficial sair de cena em Flor do Caribe, o avô de Alberto (Igor Rickli) demostrará que está morrendo de fome e pegará de volta a marmita deixada de lado. Só que ao abri-la e ver a comida revirada, Dionísio faz cara de nojo e se recusa a comer.                                                                                                                                                                                                                   

A ESPERA DE SEU ADVOGADO

Dionísio passará horas e horas até finalmente rever Eric (Henrique Taxman) e exclamar: “Se eu tivesse que ficar mais uma hora nesse lugar maldito eu acho que eu enlouqueceria“.

O advogado conseguirá a soltura de seu cliente, mas explicará que ele estará sob prisão domiciliar por conta de sua idade e estado de saúde. Ainda assim, Dionísio não gostará nada disso, só que reconhecerá que é melhor do que permanecer ali.                                                                                                                                                                                                                    

Na hora de sua soltura, ele ficará surpreso ao descobrir que será acompanhado pelo delegado responsável por lhe prender. O magnata nazista afirmará que não há a necessidade da autoridade o levar para sua casa.

Mas, Dionísio será informado que sua palavra não tem valia de nada e que a polícia irá sua mansão para confiscar seu passaporte para garantir que ele não fuja do Brasil.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings