dentro

Maia sem jatinho da FAB: “Ele que se vire, eu quero é dar risada”, dispara Sargento Fahur

Em entrevista à equipe da TV Jornal da Cidade Online em Brasília, o deputado federal Sargento Fahur (PSD-PR) comentou sobre a mudança na Câmara dos Deputados, com a chegada de Arthur Lira, e que vai cobrar do novo presidente que coloque em discussão as pautas anticorrupção e em desfavor da criminalidade.

“Temos dificuldade com pautas anticrime, porque a esquerda geralmente trabalha contra”, ressaltou o parlamentar.

Fahur também espera que agora mais deputados possam ter voz na Câmara:

“Já chega de 25, 30 pessoas mandarem em 500, ninguém resolve por mim, eu fui eleito para votar com minhas convicções e defender meu estado, defender o Brasil”, destacou.

E será que Rodrigo Maia vai sentir mais falta das articulações ou dos aviões da FAB? Fahur afirma que viaja tranquilo nos aeroportos, o mesmo talvez não aconteça com o ex-presidente da Câmara:

“Não sei se ele vai ter uns desafetos aí… mas, isso é problema particular dele, o que Rodrigo Maia tinha que fazer de mal para o Brasil, já fez. Ele que se vire, eu quero é dar risada”, revelou.

O deputado comentou ainda sobre o lockdown.

“É claro que o criminoso contumaz vai ser bandido com pandemia ou sem pandemia. Mas se você quebrar a economia, pessoas que poderiam ter vida produtiva, ser pessoas de bem por toda vida, podem acabar cometendo pequenos crimes, sendo cooptados pelo crime porque está vendo seu filho passar necessidade. Com certeza, a cidade fica mais vulnerável para criminosos, eles não respeitam lei, vai respeitar lockdown? Sou contra governador e prefeito tranca rua!”, detonou Fahur.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings