dentro

Weverton reclama de fuso e lamenta eliminação do Palmeiras: não podemos nos abater

O Palmeiras foi eliminado de maneira precoce no Mundial de Clubes. A derrota por 1 a 0 para o Tigres, neste domingo, em Doha, no Catar, tirou a chance do time brasileiro disputar o troféu do torneio da Fifa. Entre os problemas encontrados pela delegação está o fuso horário, conforme avaliação do goleiro Weverton.

Em entrevista concedida após a partida, o principal jogador do Palmeiras em campo, com três grandes defesas, lamentou os problemas de adaptação ao Catar.

– Para ser sincero, ontem fui dormir 9h da manhã. Alguns companheiros também. Isso não é desculpa, mas sabemos como é importante dormir para um atleta. Não é fácil viajar tanto tempo, 6h de diferença, demora para se adaptar. O importante é que lutamos – declarou Weverton.

– Agora vamos pensar no próximo jogo e depois nos prepararmos para as decisões que vêm pela frente – acrescentou o goleiro.

Depois da eliminação no Mundial, o Palmeiras se concentra na disputa do terceiro lugar contra quem perder de Bayern de Munique e Al Ahly, do Egito, que jogam nesta segunda-feira.

Weverton pede serenidade ao elenco, já que ainda há uma final de Copa do Brasil pela frente, contra o Grêmio.

– Acho que a gente tem que aprender a ter equilíbrio. Quando ganha, não é o melhor do mundo. Quando perde, não é o pior. Sabemos a pressão por esse título. Nada vai apagar o que a gente fez até aqui, temos decisões pela frente, nada vai nos abater. Sabemos que não chegamos aqui por acaso encerrou.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings