dentro

Cúrcuma/açafrão contra depressão: age como fluoxetina

A cúrcuma, ou açafrão da terra, tem um poder maior que dar sabor aos alimentos.

Agora ela vem sendo utilizada, de forma natural, e no tratamento da depressão.

Na sua composição, existe uma substância chamada curcumina, similar aos efeitos da fluoxetina, que é uma droga usada para tratar a doença.

A curcumina é um polifenol com mais de 160 atividades potencialmente terapêuticas, incluindo efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e anticancerígenos.

De acordo com seis estudos clínicos, a curcumina “parece ser segura, bem tolerada e eficaz entre pacientes deprimidos”, e poderia servir como “antidepressivo”.

A cúrcuma é de um dos principais componentes do curry, tempero indiano tradicional e largamente utilizado, que dizem ser a principal razão pela qual a India tem um dos menores índices de câncer do mundo.

Ansiedade

Três dos ensaios com a cúrcuma relataram efeitos significativos contra a ansiedade.

Um estudo recente, realizado na Austrália, avaliou o efeito da curcumina na depressão.

123 pessoas diagnosticadas com transtorno depressivo foram incluídas no estudo. Elas receberam um dos quatro tratamentos por 12 semanas.

Em comparação com o placebo, os três grupos tratados apresentaram melhora nos sintomas.

A curcumina foi particularmente eficaz para aqueles com depressão atípica.

Curiosamente, não houve diferença significativa na eficácia entre doses elevadas e baixas.

Açafrão x fluoxetina

Outros estudos mostraram pacientes deprimidos que tomaram 30 mg de Crocus sativus (açafrão) por dia durante oito semanas apresentaram a mesma quantidade de alívio que aqueles que tomaram 20 mg de fluoxetina (genérico do Prozac).

Dois estudos adicionais,  confirmaram o açafrão com eficácia igual à da fluoxetina.

Benefícios

Além de custar pouco, o tratamento natural não tem os efeitos colaterais dos medicamentos.

A lista é longa, mas vale a pena citar outros benefícios como a sua capacidade de tratar câncer de pele, Alzheimer e outras condições como artrite, azia, icterícia, diarréia, vesícula biliar e dor de estômago.

Para quem ainda não experimentou, o açafrão da terra é um tempero que pode ser usado numa infinidade de receitas.

1 colher por dia

O ideal é consumir, no mínimo, uma colher de sopa por dia, disse a nutricionista Gizele Bruna Barankevicz, ao Globo Repórter.

“Então, a ideia é que as pessoas utilizem diariamente já pra prevenir, que não deixem chegar a um caso depressivo, já vai utilizando na sua alimentação, num molho, ali na carne, como um tempero mesmo, como já é utilizado na índia. Na Índia, a cúrcuma é utilizada como uma planta medicinal”, conta Gizele.

Gizele Barankevicz avaliou a atividade antioxidante e a ação antidepressiva do pó da planta em experimento empregando modelo animal, no Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, da “Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz” (USP/Esalq).

O estudo foi realizado em parceria com a Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP-Unicamp) em 2015.

No suco

Além de pratos quentes, é possível tomar sucos com açafrão.

A “Limonada com Açafrão (Cúrcuma)” tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e antivirais naturais.

Ela melhora a absorção de nutrientes essenciais, reforça a imunidade, ajuda a reduzir as calorias absorvidas pelo organismo e reduz o colesterol.

Ela pode ser consumida diariamente e combina com qualquer tipo de alimento.

Limonada com Açafrão

Receita para 4 porções

Ingredientes

4 xícaras de água fria;

2 colheres de sopa de açafrão recém-ralado ou em pó, de preferência recém ralado e orgânico;

4 colheres de sopa de xarope de melado, mel, stevia ou açúcar mascavo;

suco de 1 limão;

suco de 1 laranja (opcional);

Bater tudo no liquidificador

Com informação do Saúde Curiosa, ProHealth e GloboRepórter

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings