Morre o primeiro indígena a tomar a CoronaVac no Acre

O cacique Fernando Rosas, de 56 anos, liderança da etnia Katukina, que vive na BR-364 em Cruzeiro do Sul, morreu na madrugada desta segunda-feira (01/02). Ele, que era diabético e hipertenso, foi o primeiro indígena do Vale do Juruá a ser vacinado contra o novo coronavírus, no dia 19 de janeiro.

A chefe do Distrito Sanitário Especial Indígena do Juruá, Iglê Monte da Silva, disse ao ac24horas que está na Aldeia Katukina, mas não deu maiores detalhes. 

O DSEI tem como função organizar a rede de atenção básica dentro das áreas indígenas de forma integrada e hierarquizada com complexidade crescente e articulada com o SUS.

Fernando Katukina foi candidato a vereador de Cruzeiro do Sul e era o representante político do povo Katukina. Sua família liderou a luta pela demarcação das terras e depois pelas ações de mitigação dos danos ambientais causados pelo asfaltamento da BR-364, que passa dentro das terras indígenas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0