dentro

Leila Pereira explica ausência no Mundial de clubes no Catar

A empresária e conselheira Leila Pereira resolveu acompanhar as partidas do Palmeiras no Mundial de Clubes do Catar pela televisão. Nesta quinta-feira, por meio de vídeos postados em seu perfil no Instagram, a proprietária da Crefisa explicou a decisão de ficar em São Paulo.

Um momento como esse, é sempre histórico, onde quer que estejamos. No Catar, tem muita exigência por causa da covid e o número de convidados foi bem restrito. Então, preferi ficar novamente aqui em São Paulo. O importante é sempre estarmos torcendo pelo nosso Verdão”, declarou Leila.

Na recente decisão da Copa Libertadores, vencida pelo Palmeiras sobre o Santos, a patrocinadora também recusou convite para acompanhar a partida disputada no Estádio do Maracanã. Ao falar sobre sua ausência no Catar, Leila Pereira lembrou o torneio continental.

Da mesma forma, não fui ao Rio de Janeiro para ver a brilhante final da Libertadores. Como o torcedor não pôde ir, era um grupo muito pequeno de convidados. Fui convidada, agradeci muito, mas não fui. Sou torcedora como vocês. Então, se o torcedor não pôde estar no Maracanã, eu também assisti na minha casa”, declarou.

O Mundial de Clubes disputado no Catar teve sua primeira partida na manhã desta quinta-feira. Pela segunda rodada, com gols marcados pelo centroavante francês André-Pierre Gignac, o Tigres venceu o Ulsan por 2 a 1 de virada e avançou na competição.

Pela semifinal do Mundial, o Palmeiras encara o time mexicano às15 horas (de Brasília) de domingo, no Estádio Cidade da Educação. No mesmo horário de segunda-feira, o Bayern de Munique enfrenta o ganhador do duelo entre Al Duhail e Al Ahly, que jogam ainda nesta quinta.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings